Piano/Teclado  

Carlos Wiik

Carlos Wiik é pianista e educador, formado em piano pela Unicamp na classe do professor Fernando Lopes. É doutor em Educação Musical pela Universidade da Flórida, instituição onde também completou o seu mestrado em piano na classe do professor Boaz Sharon. É formado pelo Conservatório Musical Carlos Gomes, onde estudou com Antonio Bezzan e Olga Husemann Levermann, entre outros. Na Universidade da Flórida foi professor assistente e coordenador do curso de piano em grupo. Como pianista, tem atuado como camerista, tanto com instrumentistas como com cantores líricos e corais, além de um extenso trabalho como pianista co-repetidor, com recitais solo e na produção do musical “O Homem de La Mancha” e do poema lírico “Colombo”, de Carlos Gomes. O seu trabalho como solista inclui uma apresentação com a orquestra de Americana/SP e recitais em diversas salas no Brasil e nos EUA e em congressos em Paris e em Praga. As suas recentes apresentações incluem participações com a Orquestra da Unicamp sob regência de Simone Meneses, além de recitais com o clarinetista Reinaldo dos Anjos. É diretor da Escola de Artes Pró Música, na cidade de Campinas desde 2004, onde atualmente leciona piano, teoria, estruturação musical e curso de preparação para o vestibular. À frente dessa instituição, tem ajudado a projetar a escola no cenário musical campineiro, com destaque para as apresentações semanais de música erudita e popular que promove desde 2007. Tem procurado intensificar relações com o departamento de música da Unicamp, onde já participou em mais de uma dezena de bancas de mestrado e doutoramento. Apoiou estágios supervisionados na Pró Música para alunos de licenciatura em música da Unicamp, e realizou workshops em conjunto.

Isabela Siscari

Regente assistente do Coral Paulistano no Theatro Municipal de São Paulo, é Doutoranda em Música na USP, sob orientação de Ricardo Ballestero. Tornou-se Mestra em Música em 2020 pela UNICAMP, sob orientação de Angelo Fernandes. Tem trabalhado em montagens de óperas como Die Fledermaus, La Traviata, Gianni Schicchi, La Serva Padrona, A Flauta Mágica, O Elixir do Amor e Don Giovanni como pianista correpetidora, assistente de direção musical e/ou diretora de palco, junto à Orquestra Sinfônica da UNICAMP e ao Ópera Estúdio do IA-UNICAMP. Em 2017, foi pianista e regente assistente do coro infantil do Projeto Canarinhos da Terra e, em 2015, atuou como regente assistente do Coro do Departamento de Música do IA-UNICAMP. Teve como principais professores e orientadores Mauricy Martin (piano), Carlos Fiorini e Abel Rocha (regência); hoje é aluna de piano de Paulo Gazzaneo. Integra o Coro Contemporâneo de Campinas como membro do naipe de sopranos, regente assistente e produtora.

Marco Antonio Rosa

É formado em Licenciatura em Educação Musical pela UFSCar, tendo tido aulas com Dra. Ilza Zenker Leme Joly. Concluiu Especialização em Ensino e Práticas Musicais/Regência Coral pelo UNASP sob a orientação de Dr. Jetro Meira de Oliveira e Gerson Stencel Arrais. Fez curso de teclado com o Dr. Glauber Lúcio Alves Santiago, flauta doce com a Dra. Isamara Alves Carvalho na UFSCar e também no Sopro Novo da Yamaha. Desenvolve trabalhos como educador musical em escolas particulares com projetos de canto coral, flauta doce e musicalização na educação infantil e fundamental - anos iniciais. Trabalha como regente de corais e orientador vocal em igrejas, escolas e empresas, atuando também como Arte Educador. Atualmente cursa Artes Visuais na CLARETIANO. É professor da Pró Música desde 2014, lecionando teoria musical, musicalização, piano, teclado e flauta doce.

Maria Lucila Junqueira

Natural de Campinas é formada pelo Curso Técnico em Piano do Conservatório Musical Carlos Gomes de Campinas (1989). Possui Graduação em Piano pela Faculdade Santa Marcelina (FASM-SP, 1999); Pós-Graduação em Educação Musical pela Faculdade Cantareira (2011); Mestrado em Música pela UNICAMP (2015).  Pós-Graduação na Pedagogia do Piano pela FASM (2018). Vem ao longo dos anos se especializando na didática do piano através de muitos cursos, dentre eles: Didática do Piano para Nível Iniciante (UNICAMP, 2005); Didática do Piano para Níveis Intermediário e Avançado (UNICAMP, 2006); Musicografia Braille. Ministra há quatro anos, na condição de voluntária, aulas de Piano e Musicalização para adolescentes e adultos no Centro Cultural Louis Braille de Campinas. Desenvolve e fabrica há anos jogos pedagógicos para trabalhar com a teoria musical através da empresa Menestrel Material Pedagógico. Faz desde 2020 um curso de introdução  à técnica Talbman com o pianista João Paulo Casarotti.

Maria Tereza Soto

É formada no curso técnico de piano pelo Conservatório Carlos Gomes. Continuou seus estudos de piano em São Paulo com Nenê Braga, Maria Elisa Bologna e Rosana Giosa. Posteriormente iniciou-se no violoncelo com Meila Tomé, se especializando com Lara Ziggiatti Monteiro e Gêneses de Oliveira. Como pianista, conquistou o prêmio Melhor Intérprete de Villa-Lobos no concurso de 1985 do Conservatório Carlos Gomes. Atuou como violoncelista na Orquestra Comunitária da Unicamp e na extinta Orquestra Filarmônica Popular, conduzida então por Wilson Domingos Dias, além de inúmeros trabalhos de free-lancer de orquestra para eventos artísticos da região. Foi professora de piano e de violoncelo no Conservatório Carlos Gomes e no Instituto Musical Souza Campos. Atualmente leciona na Escola de Artes Pró Música e é assistente da Orquestra de Cordas da escola.

Marli Rossin

É professora de piano e teoria musical desde 1970. É formada em piano e órgão pelo Conservatório Santa Cecília de Campinas. Possui Licenciatura em Educação Musical e Artística pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Participou de Cursos de Extensão Universitária na Unicamp e de várias oficinas e cursos, tais como curso para professores de Musicalização infantil com Josete Ferez e Jos Wuytack, curso de percussão e rítmo com Gloria Cunha. Em 1986, passou a integrar o corpo docente da Escola de Artes Pró Música. Desenvolveu o projeto Vivendo e Aprendendo para a 3ª idade, onde deu aulas de musicalização e coral. Foi orientadora do grupo Musical Infanto Juvenil Musicom e do Grupo de Percussão Musicar. Tornou-se Diretora da Escola de Artes Pro Música em 1999, onde coordena e dirige o Festival Anual da Escola desde o ano de 2000.

Raquel Dídimo

Formada pela Universidade Federal de Goiás em Bacharel em Piano e sequentemente em Educação Musical - Ensino Escolar onde após o término ingressou na Especialização em Performance na mesma instituição, onde teve aulas com Custódia Annunziata, Lúcia Barrenechea, Marília Labossiére, Lilian Meire e chegando em Campinas teve aulas com Mauricy Martin.

Renata de Oliveira Pavaneli

Professora da Escola de Artes Pró Música desde 1990, é Bacharel em Piano, Licenciada em Educação Artística, sendo aluna de Fulvia Escobar e Mauricy Martin. Mestre em Educação pela UFSCar, sob a orientação da Profa. Dra. Ilza Joly com pesquisa desenvolvida sobre o aprendizado da Leitura e Escrita Musical e Pós-Graduada em Neurociência Aplicada à Educação elo IBFE.  Na Pró-Música foi orientadora do Grupo MUSICOM junto com Marli Rossin e, em 1998 iniciou o curso de Musicalização para Bebês.  Participou de diversos cursos de extensão e de formação para professores, sendo aluna de Josette Feres, Carmen Mettig Rocha, Jacques Chapui, Violeta Gainza, Sofia López-Ibor, Verena Maschat, Helder Parente, Doug Goodkin, Gizele Cruz, Margareth Darezzo, Estêvão Marques, James Harding entre outros. É membro associada da ABRAORFF desde 2004. Em 2009 fundou o Grupo de Estudos da ABRAORFF Campinas, com sede na PróMúsica, onde promove cursos e oficinas sobre canto coral, danças folclóricas, jogos musicais e entre outros.