Preparação para o Vestibular  

Isabela Siscari

Pianista e regente, tornou-se Mestra em Música em 2020 pela UNICAMP, sob orientação de Angelo Fernandes. Atuou no início de 2020 como pianista na montagem de West Side Story, de L. Bernstein, sob direção musical de Claudio Cruz e com direção cênica de Charles Möeller, pela Santa Marcelina Cultura e Theatro São Pedro. Tem trabalhado em montagens de óperas como diretora de palco, pianista (Gianni Schicchi – 1º Festival Internacional de Ópera de Goiânia, sob regência de Tiago Roscani) e como regente (A Flauta Mágica – 35ª Oficina de Música de Curitiba). Destaca-se a estreia da peça Divertimento para piano e orquestra, de Tiago Roscani, junto à Orquestra Sinfônica da UNICAMP, em 2018. Teve como principais professores e orientadores Mauricy Martin (piano), Carlos Fiorini e Abel Rocha (regência), e atualmente é aluna de piano de Paulo Gazzaneo. Integra o Coro Contemporâneo de Campinas como membro do naipe de sopranos, regente assistente e produtora. É professora de Piano e Teoria Musical na Escola de Artes Pró Música desde 2014.

Kauê Norder

Campineiro, iniciou seus estudos de violão em 2007. Aluno de Carlos Wiik e Marli Rossin na escola Pró Música em 2009, ingressou no curso de licenciatura em música pela UNICAMP, 2010. Na UNICAMP teve aulas com Fábio Scarduelli (Violão Clássico), Luciano Simões (Canto Lírico e Opera Studio), Carlos Fiorini (Regência), José Mannis (Contraponto), e Denise Garcia (Harmonia) com a qual foi monitor PAD de Harmonia do Classicismo. Realizou projetos como professor de Técnica Vocal e Canto Coral em escolas PIBID-UNICAMP, Escola Livre Sofia e ONG TABA. Atuou como educador musical em projetos de ensino coletivo de música, como o Grupo de Violões da Casa do Lago (2015 -2017) e a Orquestra Infanto-Juvenil de Cordas da Escola Manoel José Gomes (2017-2018). Foi monitor e chefe de naipe no Coral Zíper na Boca, no qual participou da montagem da ópera “Elixir do Amor” pela UNICAMP no Theatro Municipal de Paulínia em 2016. Participou de masterclasses de Regência Coral e Orquestral com Simone Menezes (2013 e 2016) e Alexandra Arrieche (2015). Em 2014 estudou Regência Orquestral na Alemanha com o maestro Kiril Stankow.

Stephen Bolis

Natural de Campo Grande – MS e radicado em Campinas desde 2007, o violinista Stephen Coffey Bolis iniciou seus estudos de violão clássico com os professores Roberto Teixeira e Eduardo Martinelli. Em 2012 concluiu os cursos de Licenciatura em Música e Bacharelado em Violão pela Unicamp, orientado por Fabio Scarduelli. Participou de diversos festivais de música e teve contato com grandes nomes do violão brasileiro e internacional como: Gilson Antunes, Edelton Gloeden (USP), Everton Gloeden (BGQ), Mário da Silva (EMBAP-Pr), Luiz Cláudio (EMBAP-Pr).  Em 2010 participou do “Festival e concurso de violão da Universidade do Texas em Dallas- UT-Dallas” nos EUA, onde estudou por dois meses com Enric Madriguera e fez uma masterclass com o violonista de carreira internacional, David Rusell. Tem atuado como solista e integrante de grupos de câmera como a Camerata de Violões de Campinas, onde atua como diretor musical. Além da música de concerto, tem como grande interesse e alvo de estudo, a música improvisada em especial a música popular brasileira e o jazz.